Gestão de Acessos no PHC Clínica

Saiba como garantir a confidencialidade da informação clínica do paciente.


Quando falamos de uma aplicação informática que guarda o processo clínico dos pacientes, e em que existem vários utilizadores a aceder, a segurança dos dados é primordial.

No software «PHC Clínica CS» essa gestão é feita através da configuração de acessos de utilizador. Em primeiro lugar, é necessário associar o Especialista ao utilizador do PHC Clínica CS, dentro do Menu Sistema/Utilizadores.



Em segundo lugar, poderá limitar genericamente a informação a que cada especialista/especialidade tem acesso através dos parâmetros do Clínica (Menu Sistema), ou seja, ao activar por exemplo o parâmetro “Cada especialista só tem acesso à sua informação”, apenas o administrador do package Clínica conseguirá ver todas as marcações.

Os restantes utilizadores visualizarão apenas as suas marcações, seja na Agenda de marcações seja na consulta de registos dentro do ecrã de Marcações.



Mas tão ou mais importante que limitar o acesso dos especialistas é limitar o acesso aos dados por parte dos utilizadores externos ao processo clínico, como seja a pessoa que está na recepção, a pessoa que gere a agenda de marcações, etc.

Para isso, através da ficha de cada utilizador, através do registo de cada Grupo de utilizadores ou através do ecrã de Acessos em lista - acessível através das Opções diversas/Opções com a tabela – directamente em cada ecrã, pode configurar o acesso individual a “Alterar”, “Apagar”, “Consultar”, “Introduzir”, “Mapas definidos”, “Mapas desenhados”.

Mas porque o ecrã de Marcações contém todo o processo clínico do paciente e tem que ser acessível a quem efectua as marcações, foi alvo de uma atenção especial.

Ou seja, a configuração de acessos aos dados de uma marcação é desdobrado em acessos para Introduzir, Alterar, Consultar e Apagar:
• O registo da própria marcação
• O acto médico dentro da marcação
• O processo clínico registado na marcação
• Os dados clínicos do paciente
• As medidas do paciente
• A informação visual do paciente

Permite ainda dar ou retirar o acesso à opção “Outra entidade” existente no ecrã de marcações, para além do acesso a mapas definidos, supervisão, anexos, questionários e textos.



E porque através da Agenda de marcações é possível visualizar a informação registada na própria marcação, existe um acesso que permite ou não que o utilizador altere as Colunas da Agenda de marcações.

Por fim, importa salientar o acesso ao processo clínico a partir da ficha do paciente.

Aqui, o utilizador pode consultar, alterar, introduzir e apagar os dados clínicos do paciente em que estiver posicionado, mas este acesso poderá ser limitado para cada utilizador ou grupo de utilizadores, da mesma forma que poderá ser limitado o acesso às medidas do paciente e à informação visual.



Ainda na ficha do paciente, e de acordo com os parâmetros definidos inicialmente, fica limitada a consulta do histórico do paciente.

Em conclusão, apenas o utilizador identificado na sua ficha com a opção “Este utilizador é administrador do package Clínica” tem acesso a toda a informação sem limitação de acessos.

Contamos que esta informação lhe seja útil, esteja atento às próximas edições da iDirecto.

Até à próxima,

Cidália Martins
Formação
PHC



Julho 2011

Veja ainda...

Cores na Agenda de Marcações
Exportação e Validação de Ficheiros ADSE